Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: X
Nº: 450

A Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027 promete dinamizar a Beira Interior Voltar

A Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027 é “mais do que uma aposta num título ou a preparação de um ano de eventos”. É um projeto regional, participado por 17 municípios, que pretende desenvolver a Beira Interior a partir da sua dimensão cultural.

O programa europeu Capital Europeia da Cultura assume a promoção da diversidade cultural europeia e do acesso livre e democrático a todas as formas de expressão artística e cultural.  Esta candidatura, na qual a Guarda está inserida, trata-se de conceber um programa cultural, inovador, aberto, diverso e inclusivo, suportado em conceitos agregadores e em estratégias sustentáveis de desenvolvimento urbano, contribuindo para uma participação comunitária para o reforço da atratividade internacional da cidade.

Segundo a organização, “pretende-se revitalizar, desenvolver, inovar, envolver, provocar e afirmar. Com esta candidatura queremos criar condições para o desenvolvimento artístico e cultural, social, económico e sustentável”. “Podemos contrariar a desertificação, corrigir assimetrias e abrir portas a todas”, dizem.

Na candidatura pretende-se valorizar a qualidade de vida das pessoas, “num projeto de todos e para todos, com o envolvimento de toda a região da Beira Interior, para que esta transformação se concretize e perdure”.

Em dezembro, no âmbito da Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027, são vários os eventos que vão decorrer nas mais diversas representações artísticas.

Em Belmonte, dia 10 de dezembro, celebra-se a «Festa das Luzes». Dia 11 e 12 de dezembro, pelas 21h30, decorre a apresentação da peça de teatro «Há teatro na Moagem: Hot Tea». Já em Seia, dia 12 de dezembro, celebra-se a «Cabeça Aldeia de Natal», com uma festa tradicional.

Relativamente à música, a banda «Sean Riley and the Slowrides» atua no Fundão, dia 18 de dezembro, pelas 22h30.

Em Figueira de Castelo Rodrigo, através de uma festa popular, celebra-se a «Magia do Natal», em vários locais, no dia 19 de novembro.

Na Covilhã, o concerto «Recital da Academia de Música», decorre no Auditório da Banda da Covilhã, dia 19 de dezembro, pelas 15 horas. Ainda no âmbito musical, os «Dead Combo» atuam na Guarda, também no dia 19 de dezembro, no Teatro Municipal da Guarda, pelas 21h30.

O «Concerto Gastronómico e Festa de Natal», decorre no Restaurante Alkimya, dia 20 de dezembro, pelas 15 horas, e a «Orquestra de Pais Natal», acontecerá em vários locais da cidade da Covilhã no dia seguinte.

Em Mêda, dia 30 de dezembro, acontece o «Concerto de Natal e Ano Novo», na Casa da Cultura. Já em Trancoso, o evento «Atreve-te!» ocorre no último dia do ano, com uma festa popular, entre muitos outros eventos que dinamizam a região da Beira Interior.

As atividades podem sofrer alterações devido à situação atual pandémica.

 

 

 

 

 

- 24 nov, 2020
- Helena Esteves