Diretor: Vitor Aleixo
Ano: XI
Nº: 550

Licenciatura em Economia recebe acreditação máxima Voltar

O curso de 1.º Ciclo em Economia da Universidade da Beira Interior (UBI) recebeu acreditação de seis anos, o máximo previsto por lei. A análise da A3ES – Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior abrangeu os vários elementos envolvidos no funcionamento da Licenciatura.

“A acreditação pela A3ES pelo período máximo reflete a qualidade do curso de 1º Ciclo em Economia, que resulta da dedicação e do empenho, devidamente reconhecidos, de docentes, estudantes e órgãos de gestão”, resume Elena Neves, diretora da formação que faz parte do Departamento de Gestão Economia. Este resultado, acrescenta, “dá um estímulo para continuar a trabalhar no sentido de garantir a melhoria contínua do ciclo de estudos e de fortalecer a formação de base em economia dos estudantes”.

Do relatório da Comissão de Avaliação Externa destacam-se aspetos como o empenho do corpo docente em atividades de investigação, que se traduz na publicação de artigos em revistas científicas internacionais. Em síntese, são mesmo referidos pontos fortes como “motivação, empenho, dinamismo, voluntarismo, espírito de sacrifício e capacidade de trabalho dos docentes”.

A relação próxima com os estudantes é outra referência a salientar, que é confirmada pelos alunos. “Os estudantes reportaram a existência de um ambiente de acompanhamento próximo e disponibilidade dos professores para com os alunos. Existe uma avaliação dos docentes por parte dos alunos, através dos inquéritos pedagógicos, que têm uma taxa de preenchimento satisfatória”, escreve a CAE no relatório que acompanha a acreditação, onde é ainda dito: “Os estudantes estão globalmente satisfeitos com o Ciclo de Estudos”.

O 1.º Ciclo em Economia é um curso com elevada procura, sendo os resultados finais bastantes satisfatórios, e a formação dada aos estudantes reconhecida. “Os stakeholders [têm] uma visão positiva da capacidade e formação dos licenciados”, ainda segundo o relatório da CAE.

A licenciatura tem como objetivo geral o desenvolvimento das capacidades de aprendizagem, de análise, de aplicação, de avaliação e transferibilidade de conhecimentos, utilizando os conceitos, teorias, técnicas e métodos de resolução e de análise nas diversas áreas da ciência económica (Economia Financeira e Monetária, Economia do Crescimento, Economia Industrial, Economia e Finanças Publicas, Economia Internacional e Contabilidade Financeira entre outras) para a resolução de problemas económicos concretos em novos contextos.

No que se refere às saídas profissionais, a formação em Economia confere aos seus graduados a opção por uma atividade profissional de entre uma significativa diversidade de percursos profissionais, em organismos públicos e privados, empresas industriais, empresas financeiras, empresas de serviços, profissionais independentes e constituição pelo ex-aluno da sua própria empresa nas mais variadas atividades.

- 17 nov, 2022