Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: XI
Nº: 527

Ortodontia: muito além da estética Voltar

A Ortodontia não trata apenas problemas estéticos que podem ter repercussões na autoestima, mas também problemas funcionais que estão diretamente relacionados com a nossa saúde.

Há estudos que comprovam que há mais de 150 doenças que podem ser agravadas devido a problemas de saúde oral, como as doenças cardiovasculares, diabetes, entre outras.1 Por esta razão, podemos afirmar que a saúde oral afeta diretamente a nossa saúde.

Os tratamentos ortodônticos podem muitas vezes prevenir alguns problemas de saúde, como é o caso da articulação temporomandibular (ATM), que nos permite abrir e fechar a boca, no entanto quando ocorre uma luxação pode, nos casos mais graves, causar dor ao realizar o movimento. Verifica-se que os tratamentos ortodônticos podem ainda aliviar alguns casos de fadiga, problemas do sono, tonturas, vertigens e mesmo algum formigueiro nos braços. 2 Um eixo equilibrado da boca suporta a saúde postural de muitas partes do corpo.3 Problemas relacionados com a mordida ou com a mastigação podem causar dores de cabeça, ao corrigir o posicionamento dos dentes este efeito pode ser mitigado. É, por isso, importante consultar um ortodontista para fazer uma avaliação e o respetivo tratamento, realizar um diagnóstico completo e recomendar o melhor tratamento para corrigir a má oclusão.

Durante vários anos, muitos adultos adiavam ou rejeitavam mesmo a necessidade de realizar um tratamento ortodôntico, devido aos inconvenientes estéticos dos tratamentos com os tradicionais brackets. Contudo, existem agora diversas soluções, incluindo os aligners transparentes que podem ser removidos para beber e comer, sendo por isso práticos e discretos. Estes aligners transparentes além de melhorarem a experiência do paciente possibilitam soluções efetivas de tratamento para 90% dos casos ortodônticos.

De acordo com dados do Barómetro de Saúde Oral 2021 levado a cabo pela Ordem dos Médicos Dentistas, 41% dos portugueses não vão a uma consulta de medicina dentária há mais de um ano.4 Certamente, que a pandemia teve algum impacto, e enquanto parceiros dos ortodontistas, na Align desenvolvemos soluções que possibilitaram a continuidade dos tratamentos. É o caso da teleconsulta que durante o confinamento permitiu que pacientes e médicos dentistas estivessem em contacto, ao complementar a consulta física com as ferramentas online, sempre com a supervisão de um médico dentista. Desenvolvemos o que acredito ser um modelo vencedor para pacientes e médicos dentistas; os pacientes podem utilizar o seu tempo de uma forma muito mais eficiente e eficaz, porque conseguem realizar os seus tratamentos num menor número de consultas. Em termos de eficiência, as soluções digitais podem reduzir significativamente o tempo de produção e o tempo de tratamento e a utilização de tecnologias como os sistemas CAD/CAM podem aumentar a capacidade até 50%5

A saúde oral é um indicador chave da nossa saúde, bem-estar e qualidade de vida. Não a comprometa.

 

Juan Manuel Frade, Diretor Geral da Align Technology

- 24 jun, 2022