Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: XI
Nº: 499

Alce Filmes realiza casting em Vila de Rei para novo filme de Teresa Villaverde Voltar

A produtora de cinema Alce Filmes encontra-se a trabalhar no novo filme da conceituada realizadora Teresa Villaverde, cujas gravações irão decorrer na zona centro do País, no verão de 2022.

À semelhança de alguns dos seus filmes anteriores, a realizadora pretende procurar os seus protagonistas, com ou sem experiência em representação, por diversos pontos do País. Este novo filme segue a vida de uma menina de 11/12 anos, no seu ambiente familiar e no seu dia-a-dia com os vizinhos e amigos.

Desta forma, a produtora procura raparigas entre os 10 e os 12 anos com vontade de participar no filme, com ou sem experiência de representação. Para participar, será necessário entrar em contacto por email para casting.alcefilmes@gmail.com indicando o nome da criança, idade, local de residência, uma fotografia e o contacto da mãe, pai ou encarregado de educação. Mais informações poderão ser obtidas através do número 920 511 860.

Realizadora, argumentista e produtora, Teresa Villaverde é um dos nomes mais importantes da sua geração de realizadores e realizadoras portuguesas. Este seu novo projeto conta já com o apoio do Governo de Portugal e do ICA, Instituto de Cinema e Audiovisual de Portugal.

Todos os seus filmes estrearam comercialmente em Portugal e mundialmente nos mais prestigiados e conceituados festivais de cinema da Europa como o Festival de Cannes, o Festival Internacional de Cinema de Veneza e no Festival Internacional de Cinema de Berlim, tendo depois seguido o circuito dos festivais um pouco por todo o mundo onde recebeu diversos e importantes prémios.

Da sua filmografia, destacam-se os filmes “Idade Maior” (1991), “Três Irmãos” (1994), "Os Mutantes” (1998), “Água e Sal” (2001), “A Favor da Claridade" (2004), “Visions of Europe” (2004), “Transe” (2006), “Cisne” (2011) e “Colo” (2017).

Em 2010 cria a sua própria produtora, a ALCE FILMES, com a finalidade de produzir os seus filmes. Teresa Villaverde tem também sido jurada em inúmeros festivais de cinema um pouco por todo o mundo.

A sua obra tem sido objeto de diversas homenagens e retrospetivas, destacando-se a que o importante centro cultural parisiense, Centro Georges Pompidou, lhe dedicou, em 2019. Em Portugal, as retrospetivas integrais aconteceram no Museu de Serralves e no Lisbon & Sintra Film Festival. Teresa Villaverde, foi também alvo de distinções oficiais no seu país, tendo recebido o título de Comendadora da Ordem de Mérito, entregue pelo Presidente da República Jorge Sampaio e uma distinção de Mulher em Destaque na Cultura Portuguesa, entregue pelo Governo de Portugal, em 2015. Já em 2021, venceu o Globo de Ouro Especial 25 anos de Cinema, da SIC, onde se homenageiam as figuras mais importantes da Cultura Portuguesa que se destacaram ao longo das últimas décadas.

- 01 dez, 2021