Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: x
Nº: 487

“A agregação foi um erro manifesto que causou prejuízo às populações” Voltar

César Craveiro é o cabeça de lista da candidatura do Partido Socialista à União de Freguesias de Casegas e Ourondo nas eleições autárquicas de 2021.

O candidato avança para um terceiro mandato à frente dos destinos da freguesia, colocando ao serviço das populações “a sua experiência de 20 anos a servir o poder local democrático e com responsabilidade, dedicação, conhecimento e sentido de serviço público”.

“Recandidato-me porque sei que a construção do presente, e agora, mais do futuro das freguesias de Casegas e Ourondo, orgulhosas da sua história e cultura, a quem impuseram em 2013 uma agregação forçada, se faz com a colaboração dos eleitos da Junta e Assembleia de Freguesia, mas também das Cidadãs e Cidadãos, no respeito pelas opiniões e ideias de todos”, realça César Craveiro.

O candidato defende que “a agregação de Casegas e Ourondo, em 2013, por via da reforma administrativa do território das Freguesias, foi um erro manifesto que causou prejuízo às populações, que há que reverter”. A sua expetativa é a de que esta reversão possa ter início no prazo de um ano após a entrada em vigor da lei 39/2021, de 24 de Junho – entretanto aprovada e que revoga a lei que originou a fusão de Casegas e Ourondo –, o que terá de ocorrer entre 24 de dezembro de 2021 e 24 de dezembro de 2022.

“Quero contribuir, num tempo e período excecional, que queremos que seja transitório, para construir uma freguesia mais evoluída e solidária, associada a uma gestão rigorosa dos bens públicos, alocados ao serviço da segurança e valorização das pessoas, que são para mim e para as cidadãs e cidadãos que me acompanham os maiores valores a defender no dia-a-dia”, diz ainda César Craveiro.

César Craveiro afiança também que estará “sempre atento aos problemas e necessidades da freguesia, não poupando a esforços para os resolver”. “Para isso conto com todos, com o vigor dos mais novos, que são o futuro, mas também e muito importante, com a experiência e sabedoria dos mais idosos, que muito respeito e admiro”.

- 09 set, 2021