Fundadores: Vitor Aleixo e Ricardo Tavares
Diretor: Vitor Aleixo
Chefe Redação: Ricardo Tavares
Ano: x
Nº: 493

Os jovens e a política Voltar

Em tempo eleitoral fala-se sempre muito da participação das comunidades na política, principalmente dos jovens.

É interessante ver sempre a realidade do momento e o empenho que existe nos atos eleitorais e no debate político. É verdade que vemos poucos jovens a intervir socialmente, e os que vemos pertencem maioritariamente a juventudes partidárias. Não é que isso seja mau, pelo contrário, não sou contra as juventudes políticas, apenas penso que era necessário mais intervenção por parte de jovens de todos os quadrantes e das diferentes áreas da sociedade.

É necessário que haja um espaço de debate, com ou sem o tónico dos partidos políticos, isso não está em questão. O que importa mesmo é uma diversidade de ideias, e na verdade isso tem faltado nas diferentes campanhas eleitorais ao longo dos últimos anos, sejam elas legislativas, europeias, presidenciais ou autárquicas. Não vemos vigor, ideias novas, ou debates que se centrem única e exclusivamente nas Pessoas e nas suas necessidades.

Sempre defendi uma sociedade livre e aberta no debate, por isso ao longo de dez anos enquanto diretor deste Semanário procurei que escrevessem aqui pessoas de todos os quadrantes da sociedade. Da esquerda à direita. Da cultura, à política, ao desporto. Todos têm que ter espaço de expor ideias, de mostrar outras perspetivas à sociedade. E é aqui que também a comunicação social deve ter um papel ativo. Dar voz a todos e também aos jovens, para que se integrem cada vez mais na vida pública.

Acredito que no futuro teremos uma sociedade mais interventiva e consciente, preocupada com os problemas da polis. Para isso teremos todos de contribuir ativamente.

- 14 set, 2021